Buscar
  • marcelabebold

Normas técnicas e certificações para projetos de engenharia. Entenda a importância.


Falar de engenharia, de infraestrutura, de parte elétrica e redes é falar sobre normas técnicas e certificações. Afinal, elas garantem a confiabilidade do projeto e a segurança para os colaboradores e consumidores da empresa.


No caso de construções de missão crítica, como Data Centers e empresas que exigem sistemas ininterruptos (unidades bancárias, hospitais, fóruns), a requisição de certificações é ainda mais necessária.


Por isso, vamos abordar a importância das normas técnicas e certificações para a realização dos projetos de engenharia e darmos alguns exemplos daqueles que são mais utilizados para a nossa área. Acompanhe!


A importância das normas técnicas

As normas técnicas são documentos prescritos a partir de um consenso entre profissionais e que são aprovados por órgãos reguladores da área. Esses documentos definem as diretrizes para a realização de projetos, visando a ordem e a qualidade.


Ao conhecer e seguir as normas técnicas da área de engenharia, por exemplo, garantimos que o projeto seja seguro, econômico e que assegure a proteção das pessoas envolvidas.


Certificações beneficiam projetos de engenharia

Certificações são declarações que confirmam o conhecimento sobre determinado assunto a fim de comprovar a autoridade para a realização de um projeto de infraestrutura, redes e outros.


Para conquistar as certificações, existem pré-requisitos próprios definidos pelos órgãos reguladores, de acordo com as especificidades da área. Além de obter a certificação, é importante atualizá-la, já que há sempre aperfeiçoamento na tecnologia e mudanças exigidas pelo mercado.


Exemplos de certificações e normas técnicas que utilizamos nos projetos

Sempre buscamos conhecer e atender as normas técnicas, assim como obter as certificações necessárias para os nossos projetos. Alguns projetos apresentam alto nível de detalhe, como a parte de arquitetura, por exemplo, e temos de atender as normas vigentes.


A seguir, confira algumas das certificações que utilizamos para garantir a confiabilidade do nosso trabalho!


As Built, como a obra foi construída

Nesses casos, utilizamos o As Built (em português: Como Construído), um registro de todas as mudanças realizadas em uma obra. Essa documentação é importante para prevenir acidentes e evitar riscos para o imóvel.


Se alguma modificação não estiver documentada, vai ficar difícil que as próximas reformas ou alterações estejam dentro das normas vigentes.


TIER, a classificação voltada para Data Centers

Já para a construção da infraestrutura do Data Center, contamos com a classificação TIER (em português: camada ou nível), criada em 1993 pelo Uptime Institute. O TIER se propõe a garantir o bom desempenho da estrutura criada para o Data Center, assim como a sua confiabilidade.


Dentro da certificação TIER existem 4 níveis de classificação:


TIER I: a empresa está preparada para adotar critérios básicos de conformidade sem componentes redundantes. A estrutura apresenta sistemas de climatização e de distribuição elétrica.


TIER II: esse nível de certificação atende pequenas empresas que não têm funcionamento fora do expediente, como nos casos em que há suporte on-line. Essas empresas têm estrutura parcialmente redundante.


TIER III: nesse caso, a empresa necessita de 99,98% de disponibilidade, funcionando a qualquer hora do dia ou da noite. A infraestrutura para esse tipo de empresa é totalmente redundante e exige apoio constante para seus equipamentos. Utilizamos essa certificação em um dos nossos últimos projetos.


TIER IV: voltada para multinacionais e empresas que continuam operando, mesmo quando há falhas. O tempo de inatividade tolerado por essas estruturas é de 26 minutos ao longo do ano. O sistema é redundante e sua parte elétrica e subsistemas operam simultaneamente.


Estamos sempre atentos às mudanças do mercado e às normas e certificações que nossos projetos exigem. Saiba mais sobre sistemas redundantes acessando o texto Sistemas Redundantes: saiba o que isso significa.

29 visualizações0 comentário